Quem sou eu

PCRJ/SME/Gerência de Mídia e Educação/4ª CRE Rua Uranos, 1230 - Ramos - RJ CEP Telefone 3885 9492 Horário de funcionamento: 2ª a 6ª feira - 9:00h. às 17:00h

domingo, 24 de junho de 2012

Sugestões de leitura

A Bailarina Fantasma (São Paulo: Ed. Biruta, 2010) é a décima quarta obra da escritora e jornalista cearense Socorro Acioli e a décima segunda voltada para o público infanto-juvenil. Até o ano de 2012, o livro atingiu a marca de 30.000 exemplares vendidos.
A história gira em torno de Clara, um fantasma de bailarina que ronda pelas salas do Theatro José de Alencar. A bailarina fantasma - sempre vestida de azul, quase transparente e de hálito gelado - precisa que alguém resolva algo muito importante que ela não pôde fazer em vida. A escolhida para essa missão é Anabela, filha de Marcelo - engenheiro responsável pela restauração do teatro. Para ajudar Clara, Anabela terá que mergulhar no passado do teatro e embarcar em uma história que envolve amor, ódio e, claro, muito mistério.

O livro mistura ficção e realidade: muitos funcionários e ex-funcionários já viram o fantasma da bailarina rodopiando no palco principal, no foyer e no porão do Theatro José de Alencar. Socorro Acioli escutou essas pessoas e fez uma longa pesquisa sobre a história do teatro até concluir o livro que passou quatro anos para ficar pronto.

O lançamento da obra foi no dia 27 de janeiro de 2010 no próprio Theatro José de Alencar e contou com uma visita guiada pela casa de espetáculos mostrando os locais que servem de cenário para o livro.

 Personagens Principais

Anabela;
Marcelo, pai de Anabela e engenheiro responsável pela restauração do TJA;
Luciana, melhor amiga de Anabela
Clara, bailarina fantasma;
Joseph MacFarlane, pai de Clara;
Maria Rosa, mãe de Clara;
Elisabeth MacFarlane, avó paterna de Clara;
Carlotta MacFarlane, tia de Clara;
Gabriel, namorado de Clara;
Dr. Augusto Arruda, pai de Gabriel;
Clarisse, filha de Clara;





Pretinha de Neve e os sete gigantes é uma releitura do clássico Branca de neve e os sete anões. Narra a história de Pretinha, uma menina que mora com a mãe e o padrasto em um palácio no norte da Tanzânia. A estória se desenvolve a partir da solidão de Pretinha que não tinha com quem brincar e por isso desce o Monte para conhecer um lugar sem neve e com outras crianças.


Os elementos da tradicional estória são adaptados para a cultura africana. Cores fortes e traços singulares enriquecem a ilustração. Além disso, os valores como amizade, coragem, laços familiares e mudança são abordados.


Nenhum comentário:

Postar um comentário